Return to site

Candidatos a prefeito de Japeri recebem propostas da Campanha #Rio 2017

André Ceciliano, do PT, já assinou o compromisso. Confira algumas das ideias dos candidatos para o desenvolvimento econômico e a mobilidade no município

Por Lívia Cunto

As propostas da #Rio2017 foram apresentadas a quatro candidatos à prefeitura de Japeri na última semana. A equipe da Casa Fluminense e representantes do movimento Mobiliza Japeri conversaram com André Ceciliano, do PT, Andrezinho, do PRP, Jonas Cruz, do PSC e Marcos Paulo, da Rede. O candidato petista já firmou compromisso com o conjunto de ideias da Agenda Rio 2017 e demais propostas dos parceiros. Os outros postulantes pediram mais tempo para analisar os documentos.

Dono do maior tempo médio de deslocamento casa-trabalho do mundo, de acordo com dados de pesquisa do IPEA, o município de Japeri é conhecido pela baixíssima oferta de empregos: apenas 10% da população em idade ativa consegue vagas formais de trabalho dentro da cidade. Mais da metade da população é obrigada a deixar diariamente o município para acessar oportunidades em outras regiões da metrópole. Os que topam o deslocamento sofrem com jornadas de até três horas para chegar ao destino em trens lotados. Os que ficam acabam forçados à informalidade, situação que atinge 46% dos japerienses. Os dados são da Nota Técnica Descentralização Econômica na RMRJ, publicada pela Casa Fluminense em fevereiro deste ano.

Buscando construir uma cidade mais voltada para as pessoas, o movimento Mobiliza Japeri foi criado para promover a noção de mobilidade urbana sustentável. Junto com a equipe da Casa Fluminense e do ITDP, o Mobiliza construiu em junho último um documento com dez propostas, reivindicando, entre outros pontos, a expansão da malha cicloviária, a construção de um terminal de passageiros próximo ao Arco Metropolitano, a requalificação do entorno das estações de trem de Engenheiro Pedreira e Japeri e a descentralização das ofertas de emprego na RMRJ.

Os indicadores socioeconômicos da cidade expõem de forma clara a profunda desigualdade que caracteriza a região metropolitana do Rio. No ranking do IDH nacional, que compara todas as cidades brasileiras, Japeri encontra-se na 3780ª posição, com uma renda mensal média de R$670 por pessoa. Niterói ocupa o 7º lugar com uma renda per capita que alcança R$2781.

Avaliamos os planos de governo de todos os candidatos a prefeito da cidade, com foco nas propostas de mobilidade urbana e desenvolvimento econômico. Nenhum deles menciona articulação com outros municípios da Baixada para desenho dos planos de mobilidade e investimentos em infraestrutura de transportes de média e alta capacidade. Os candidatos também não propõe nenhuma parceria com o Governo Estadual para aprimoramento dos trens metropolitanos e suas estações. A ideia de regulamentação de transportes alternativos como mototáxi e vans e o incentivo à criação de novas linhas de ônibus intermunicipais apareceram na maioria dos programas. No que tange ao incentivo econômico, predominam propostas de isenção fiscal a novas indústrias e fomento a micro e pequenas empresas, com poucas diferenças entre um candidato e outro.

Primeiro a assinar o compromisso com a Campanha #Rio2017, o candidato André Ceciliano, do PT, traz como principal proposta para a mobilidade o aprimoramento da Estrada de São José, com a implantação de uma rodoviária intermunicipal. No que diz respeito ao desenvolvimento econômico, o candidato promete abrir amplo concurso público para substituir progressivamente os terceirizados contratados pela administração municipal. Considerando a pesada participação dos cargos públicos no emprego formal do município – quase 50% dos postos com carteira assinada – ele disse que vai disponibilizar aos japerienses um curso preparatório, aumentando suas chances de concorrência. O candidato pretende ainda dar incentivos fiscais a novas empresas e a iniciativas de agricultura familiar. Pequenos empreendedores serão incentivados a partir da prestação de suporte contábil e advocatício e da cessão de imóveis da prefeitura.

Para o candidato Andrezinho (PRP) o problema do município é a falta de gestão. “Das cinco cidades próximas que se emanciparam apenas Japeri não evoluiu” disse ele na conversa em que foi apresentada a Campanha #Rio2017. Ele pretende reabrir duas maternidades e estabelecer parcerias com os municípios de Queimados, Seropédica e Paracambi para a construção de um hospital próximo ao Arco Metropolitano, com aporte de verbas das quatro cidades para manutenção do equipamento. O candidato disse ainda que vai alugar uma casa em cada bairro para fazer unidades básicas de saúde.

Na frente emprego e renda, Andrezinho pretende incentivar a produção agrícola no município e cooperativas de gastronomia artesanal. Ele indica ainda que vai revitalizar a Zona Industrial, mas não especifica em seu plano de governo como isso seria feito. No que tange aos transportes, o candidato do PRP disse que vai construir um terminal rodoviário no centro, com vistas a facilitar o deslocamento para regiões como Mangaratiba, Barra, Recreio e Região Oceânica a partir de parcerias com o DETRO e o DNIT para implantação de novos itinerários intermunicipais.

Para Jonas Cruz, do PSC, os principais problemas de Japeri são o aumento da violência e a ausência de espaços de esporte e lazer para crianças e jovens – a cidade conta com apenas três quadras esportivas. O candidato pretende contribuir para a criação e formalização de micro e pequenas empresas de economia sustentável, através do estímulo à produção industrial e parcerias com SESC e SENAC para qualificação da mão de obra. Ele se comprometeu a priorizar o transporte coletivo de baixo carbono, instalando bicicletários e expandindo ciclovias, calçadas e ruas exclusivas para pedestres.

Marcos Paulo, da Rede, acredita que o turismo deve ser explorado para a geração de emprego e renda. “Temos o Pico da Coragem que fica a 550 metros acima do nível do mar e tem uma vista de vale linda. Podemos fazer um mirante em Japeri e incentivar o ecoturismo" defendeu ele no encontro. O candidato pretende desenvolver polos de economia criativa e implantar um centro tecnológico de pesquisas avançadas com foco nas áreas de biotecnologia, energias sustentáveis e tecnologias aplicadas à saúde. Ele promete ainda que 25% das compras da prefeitura serão celebradas com microempreendedores locais.

O candidato Carlos Moraes, do PP, não recebeu a equipe da Campanha, alegando complicações de agenda. Um dos favoritos nas pesquisas, ele pretende criar um Plano Municipal de Desenvolvimento Econômico Sustentável para a cidade, com foco no estímulo às micro e pequenas empresas. Moraes disse ainda que vai criar um Plano Municipal de Transportes a partir da realização de Audiências Públicas nas várias regiões do Município. O plano vai conter indicações de ações concretas, construídas a partir das demandas dos moradores. O candidato propõe em paralelo a criação de um Centro de Controle de Operações de Transporte de Passageiros e a municipalização das atividades de fiscalização do trânsito, uma forma de incrementar a arrecadação de recursos, a partir da aplicação de multas.

O plano de governo do candidato Carlos Lima, do DEM, tinha apenas uma página e trazia como uma das suas seis propostas a ideia de “fomento a profissionais mirins”. Mercinho, do PSOL, disse que vai criar uma empresa pública municipal de transportes e aumentar a transparência e fiscalização do setor a partir da criação de um Conselho Municipal, a revisão de todas as concessões de ônibus e a criação de mecanismos para que os cidadãos possam avaliar os serviços prestados pelas empresas.

Candidato pelo PSDB, Zé Ademar, disse que vai investir em corredores exclusivos para ônibus e ciclovias interligando os principais bairro aos centros de Japeri e Engenheiro Pedreira, que serão revitalizados. Ele pretende ainda melhorar o sistema de tráfego no meio rural, facilitando o escoamento da produção. No seu plano de governo, Zé Ademar indica que vai incentivar o empreendedorismo através da criação de áreas industriais e aumento da oferta de microcréditos, com foco em empreendedores individuais e micro e pequenas empresas.

All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OKSubscriptions powered by Strikingly